Olá a todos, desde que voltei do meu mochilão pela Argentina e Chile – você pode ver o roteiro aqui e o relato aqui – tenho pensado em ir até uma agência de viagens para fazer o orçamento de um roteiro parecido com o meu e assim poder fazer a comparação de valores.

Pois bem, acabei indo em uma agência em um shopping na cidade de Campinas para fazer o orçamento.

Fui muito bem atendido porém já de inicio a agência não oferecia nenhum pacote para a cidade de Pucon no Chile. Na verdade acredito que nenhuma agência brasileira ofereça pacotes prontos para Pucon.

Tudo bem, então pedi a atendente um orçamento para um roteiro de duas semanas, sendo uma semana na cidade de Buenos Aires e outra semana na cidade de Bariloche. Também não havia nenhum pacote que durasse essa quantidade de dias.

Desistir?

Não, a atendente me disse que poderia criar um pacote de duas semanas passando por essas duas cidades, fazer o orçamento e me mandar por e-mail. Perfeito! Passei os dados para ela, agradeci e fui embora.

Esperei, os dias se passaram, semanas. Hoje faz mais ou menos um mês e eu já desisti, se eu fosse realmente viajar eles teriam perdido uma venda.

Desisti de receber a proposta mas não desisti de fazer a comparação. Entrei no site de uma agência e tentei pesquisar algum pacote o mais parecido possível com o trajeto percorrido por mim.

Eis a comparação:

Roteiro: A agência, como já era de se esperar, não oferece pacote para todos os lugares percorrido. O roteiro do mochilão incluiu Buenos Aires e Bariloche na Argentina; e Pucon no Chile. O pacote mais parecido inclui as cidades de Buenos Aires, Bariloche e Villa La Angostura.

Duração: A agência também não oferece pacotes com a mesmas duração do mochilão, 17 dias. O máximo que encontrei foi um pacote de 8 dias.

Gastos: O total gasto no mochilão, por pessoa foi de R$2870,22 (a contabilidade geral você pode conferir aqui). O valor por pessoa com o pacote foi de R$4.780,79

Conclusões:

– A quantidade de dias foi quase o dobro do que seria feito com pacote.
– O dinheiro gasto foi um pouco mais da metade do que seria gasto com pacote.
– Com o pacote a hospedagem seria em hotel, durante o mochilão a hospedagem foi em albergues, muito mais legal.
– O total gasto no mochilão incluem alimentação, hospedagem, transporte e atrações/passeios feitos nas cidades.
– O total gasto com o pacote incluem apenas passagem aérea, traslados, hospedagem com diárias com café da manhã incluso e passeios ao Circuito Chico e ao Cerro Catedral em Bariloche e passeio aos principais pontos turísticos de Buenos Aires.

Bom galera, espero ter mostrado para vocês que a diferença é muito grande entre uma viagem de mochilão e uma viagem com pacote. Claro que comprando um pacote você evita bastante trabalho, mas garanto que o trabalho de pesquisa e preparação para um mochilão é muito prazeroso e tornará a viagem 10 vezes melhor do que com uma agência.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...