entrevista para o visto americanoEstive junto com minha digníssma em São Paulo para encarar a tão temída entrevista para o visto americano para obtenção (ou não) do visto de entrada nos EUA.

Antes de detalhar pra vocês como foi e dar algumas dicas, é importante lembrar que:

– A entrevista deve ser agendada pelo site US VISA.

– A taxa do visto de $160,00 dólares deve ser paga com cartão de crédito ou boleto em qualquer banco.

– Veja as instruções para o preenchimento do formulário DS-160 que deve ser feito antes da entrevista.


Lembrando que fizemos a solicitação do visto tipo B-2 Turista. Para outros tipos de visto, consulte o Site da Embaixada Americana no Brasil.


Não deixem de conferir todos os nossos posts sobre os Estados Unidos.



Começo dizendo que não tem nada de assustador na entrevista, não precisa ficar nervoso, passar mal e nem ter dor de barriga. Se você não mentiu no preenchimento do formulário e não vai mentir ao responder as questões do entrevistador, então tá tranquilo. Talvez no passado, fosse mais complicado, mas hoje em dia é apenas uma lenda urbana!


Bom, vamos ver como foi então…

Marcamos para as 8:00hs, porém chegamos no consulado por voltas das 7:20 e ainda bem que chegamos com um pouco de antecedência pois as filas já começaram a se formar ainda do lado de fora do Consulado. Nesta fila, funcionários do consulado já grampeiam seus documentos com a sua foto e te entregam um pequeno papel verde com um número, que nada mais é que um número de controle a ser utilizado no final de todo o processo a fim de organizar a entrega do seu passaporte na sua casa via SEDEX. Se o seu visto não for aprovado, o passaporte será devolvido ao final da entrevista

O agendamento é feito para várias pessoas no mesmo horário e a entrada vai sendo liberada por grupos de pessoas de determinado horário.


Para entrar no consulado americano você passa por um detector de metais igual de embarque em aeroporto, coloca seus pertences em uma bacia que passa pelo raio-x e pronto. É sempre bom lembrar que não é permitido entrar no consulado com celular (mesmo desligado), câmeras ou portando qualquer outro tipo de eletrônico.

Ao entrar no consulado, a primeira fila é onde você vai entregar os documentos que foram grampeados lá fora juntamente com o seu passaporte. Você pegará uma senha e deve aguardar ser chamado ao guichê de devolução do passaporte.


Com o passaporte e outros documentos em mãos novamente você vai pra fila de impressões digitais.


Após isso, é hora de ira para a fila da entrevista.

Como foi a entrevista para o visto americano

Muito bem, chegamos ao ponto crítico, ou não! Vejam as “difíceis” perguntas feitas pelo entrevistador:

– Pra onde Sr. vai?
– Já viajou pra fora do Brasil?
– O que o Sr. faz aqui no Brasil?
– O Sr. tem um carro?

Perguntas respondidas da forma mais breve e clara possível. Visto concedido!

Agora vejam quais foram as perguntas feitas para a Sra. Eu Vou de Mochila:

– Já viajou pra fora do Brasil?
– Você vai pra Nova York né!?
– Pretende ir para Nova York quando?
– Você vai com quem?


Estávamos em guichês lado a lado e então nessa última pergunta a Bruna respondeu: “Vou com o meu namorado, que inclusive tá tirando o visto aqui do lado”.

O entrevistador deu uma risada e aprovou o visto dela também!


Vistos aprovados, hora de ir para a última fila, que é lá fora. Essa é a fila pra pagar a taxa do envio do passaporte com o visto diretamente para a sua residência.


Não pediram nenhum documento além dos obrigatórios, que são:

– Passaporte
– Foto 5 x 5 cm ou 5 x 7 cm
– Página de confirmação do preenchimento do formulário DS-160
– Página de confirmação do agendamento da entrevista
– Comprovante de pagamento da taxa no City Bank

Outros documentos que devem estar em mãos, mas pode ser que não os utilize, são documentos que provem vínculos com o Brasil e que você tem dinheiro para ir, ficar e voltar dos EUA. Exemplos: Declaração de imposto de renda, contra-cheque, carteira de trabalho, declaração da escola onde estuda, extrato de conta corrente e/ou poupança, documentos de imóveis e/ou automóveis.


O movimento é grande no local mas o atendimento é bem dinâmico, então não temos a sensação de que esteja demorando tanto. Saímos do consulado 10:15hs, foram quase 3 horas!

O consulado americano fica na Rua Henri Dunant n° 500, na Chácara Santo Antonio. Em frente você vai encontrar estacionamento, estúdio de fotos, lugares para tirar cópias, lanchonetes e tudo mais.

Mas recomendo usar, só em caso de emergência!


Compartilhe com a gente a sua experiência!

Se você tem alguma dica, compartilhe. Se tem alguma dúvida, pergunte.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...