abismo anhumasUma caverna com entrada por uma fenda que existe na rocha. Seu acesso é feito apenas através de rapel em uma descida vertical de 72 metros. Lá embaixo, um deck sobre um lago que atinge a profundidade de 80 metros onde você pode mergulhar ou fazer flutuação. Esse é o Abismo Anhumas!

Único, emocionante e desafiador foram os três adjetivos que achei mais apropriados para descrever o que é fazer esse passeio.


O Abismo Anhumas é bastante exclusivo em Bonito, apenas 18 pessoas por dia podem fazer esse passeio, para que o impacto seja mínimo e a exploração e visitação da caverna possa continuar ainda por muitos e muitos anos.

Tendo isso em mente, a primeira coisa que você tem que fazer é agendar o dia do seu passeio com o máximo de antecedência possível.


Esse passeio inicia-se no dia anterior ao dia marcado para ir ao Abismo. Você deve ir até a central de reservas, que fica no centro de Bonito para poder fazer o treinamento.

O treinamento é coisa rápida, consiste em mostrar como funciona a subida e descida do rapel para avaliar se você está apto a executá-lo no dia seguinte. São 9 metros de corda em uma plataforma, onde você aprende a técnica subindo e descendo duas vezes seguidas totalizando 18 metros. Lembre-se que no abismo é um pouquinho mais alto, 72 metros. 🙂

IMG_3645

IMG_3669


Sendo “aprovado” no treinamento, você preenche a ficha, eles te dizem o horário que você descerá no dia seguinte e te dão o voucher para você ir em um outro local já experimentar a roupa de neoprene para fazer a flutuação. No dia seguinte sua roupa já vai estar lá prontinha pra você.


Aí chega a manhã seguinte e você corre para o Abismo.

A descida é feita em dupla e é uma delícia! Você entra por um buraco aparentemente apertado e quando chega numa certa altura você tem a primeira visão da galeria.

Demoramos aproximadamente 4 minutos para descer e quando chegamos na plataforma lá embaixo eram olhos arregalados e sorriso na cara.

DCIM100GOPRO

DSC_0627


Lá embaixo, logo já colocamos nossa roupa de neoprene e partimos para a flutuação.

DSC_0756

DSC_0765


Não existem peixes lá embaixo, mas o visual é uma coisa diferente de tudo que já vi. A temperatura da água lá embaixo é de 18º C e sem a roupa de neoprene não há condições de ficar na água.

Após a flutuação tivemos um tempo para comermos o lanche que levamos e tentar tirar algumas fotos, coisa que se torna bem complicado pela falta de luz, então vá preparado.

DSC_0638

DSC_0693

DSC_0699

DSC_0707

DSC_0714


Pelo local ser muito úmido, não importa se você bebeu muita água ou não, você terá muita vontade de fazer xixi e o banheiro não é lá tão confortável pois você terá que subir uma escadinha simplista até uma altura de três metros e entrar numa cabine com uma cortininha nada privativa para dar uma aliviada. Atenção, qualquer descuido pode resultar numa amostragem “do seu abismo” para os outros 17 aventureiros que estão aguardando lá embaixo. No tempo que ficamos no Abismo (cerca de 4 horas) fui fazer xixi pelo menos três vezes e a Bruna foi umas 5 vezes!

Depois ainda rola um passeio de bote com a guia explicando várias coisas sobre o Abismo e contando algumas histórias. Muito legal!

DSC_0659

DSC_0745

DSC_0747

DSC_0755


Para finalizar, tinha a parte mais difícil, a subida.

A subida do rapel também é feita em dupla, mas como éramos um dos últimos a subir, uma das guias subiu com a gente.

Não é nada fácil subir os 72 metros e quando estávamos mais ou menos na metade começou a chover, dificultando um pouco mais as coisas e fazendo com que a nossa subida demorasse cerca de 40 minutos.

Quando chegamos lá em cima a sensação de vitória era enorme. Nos propomos um desafio, conseguimos superá-lo e fomos presenteados por imagens que nunca iremos esquecer.


Abismo Anhumas

O valor do passeio é de 575 reais por pessoa, um valor alto mas que vale muito a pena! Existe a opção, pra quem é certificado, de fazer o mergulho lá embaixo ao invés da flutuação. O preço sobe um pouco por causa do aluguel do cilindro mas também deve ser incrível mergulhar naquele lugar.

Use calça ou bermuda grossa e no caso de bermuda use meias de cano longo. A camiseta também deve ser grossa e de gola, aquelas com gola polo acredito ser uma ótima opção. Isso porque as cordas ficam pegando e incomoda um pouco.

Leve lanches leves, chocolate, água, energético… e uma blusa também pode ser uma boa.

Na subida, faça força nas pernas e não nos braços. Você vai entender. 😉


Confira todos os posts de Bonito

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...