Em uma viagem para a Bélgica, uma coisa que você não deve deixar de experimentar são as cervejas produzidas por lá. E eu não tô falando aqui de Stella Artois ou Jupiler, estou falando de cervejas de verdade! 😛

O país tem mais de 1.000 rótulos diferentes e o mais legal é que os karas gostam de inventar e inovar, misturando novos sabores, alterando processos e dessa forma acabam criando cervejas especiais para todos os gostos.

Quando estive por lá experimentei várias e recomendo que você faça o mesmo. Para te ajudar a começar, listei abaixo 10 cervejas belgas para você experimentar quando viajar pra lá:


Cervejas belgas - duvelDuvel

Essa é uma das marcas de cervejas mais famosas do mundo e no Brasil não poderia ser diferente, você encontra fácil por aqui. Ela é produzida pela Duvel Moortgat Corporation Puurs. Essa golden ale tem aquele leve amargor no final e seu teor alcoólico é de 8,5%.





Cervejas belgas - leffeLeffe

Também muito famosa, inclusive bem fácil de encontrar no Brasil, a Leffe pertence a InBev e possui diversas variações. A que eu recomendo para começar é a Leffe Blonde de alta fermentação com 6,6% de teor alcoólico. Seu sabor é bem leve, o que a torna ótima para acompanhar refeições.





cervejas belgas - delirium tremensDelirium

Produzida pela cervejaria Huyghe no pequeno município belga chamado Melle, a Delirium é bastante conhecida pelo elefantinho rosa no seu rótulo. Sua variação mais conhecida e consumida é a Delirium Tremens, uma Belgian Strong Ale com 8,5% de teor alcoólico.

Existe um pub em Bruxelas chamado Delirium Café onde você pode experimentar as cervejas da marca e muitos outros rótulo. Mais recentemente, foi aberta versão paulistana do Delirium Café lá em Pinheiros.


cervejas belgas - hoegaardenHoegaarden

Cervejaria tradicional do norte da Bélgica, produz apenas um tipo de cerveja. De trigo e com origem em 1445, a Hoegaarden tem um teor alcoólico de 4,9%.





Cervejas belgas - straffe hendrikStraffe Hendrik

Mais precisamente a Straffe Hendrik Brugs Tripel com uma coloração âmbar e 9% de teor alcoólico que praticamente nem percebemos graças aos toques frutado e caramelado.





cervejas belgas - chimay blueChimay Blue

A primeira cerveja trapista da lista, a versão Blue no estilo Belgian Dark Strong Ale apresenta 9% de teor alcoólico, é bem encorpada mas com um sabor adocicado. É considerada uma “cerveja de guarda”, ou seja, que você pode guardar por um tempo e sentir novos sabores.





Cervejas belgas - achelTrappist Achel

Mais uma trapista, produzida em várias versões pela Achel Brewery. A Achel Blond harmoniza com vários tipos de comida, tem uma cor dourada, sabor frutado e até meio adocicado com 8% de teor alcoólico.





Cervejas belgas - brugse zotBrugse Zot

Cerveja produzida em Bruges, inclusive você pode visitar a fábrica. A versão Blond Ale com teor alcoólico de 6% tem um sabor bem suave e um aroma meio cítrico.





cervejas belgas - orvalOrval

Outra cerveja trapista, dessa vez uma Belgian Specialty Ale com 6,2% de teor alcoólico e bem amarga.





cervejas belgas - westvleteren xiiWestvleteren 12

A primeira da lista não poderia ser outra senão aquela que é considerada a melhor cerveja do mundo. Uma trapista do estilo quadrupel e 10% de teor alcoólico, de cor escura, aroma com notas de caramelo e tabaco, finalizando com um sabor marcante e seco.

Essa merece ser degustada em uma ocasião especial!


Eae, já experimentou alguma dessas? O que achou?

Tema outro rótulo para recomendar? Compartilhe com a gente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...