Guias de conversação Lonely PlanetLogo que entrei em contato com nosso parceiro Globo Livros, representantes da Lonely Planet aqui do Brasil, falando à respeito da minha viagem para a Europa, eles me mandaram dois guias de conversação Lonely Planet, o Francês e o Alemão.

Assim que os guias chegaram em casa, já comecei a treinar algumas palavras e treinar o sotaque para não fazer feio. Ambos foram comigo para a viagem e foram bastante úteis!


A primeira coisa que eu queria falar é sobre o tamanho deles, dá pra levar no bolso tranquilamente e se estiver na mochila, não pesa quase nada.

Só que mesmo sendo pequeno, o conteúdo dele impressiona, pois tem tudo o que a gente precisa ou pode precisar durante uma viagem, seja ela de turismo ou a trabalho.


Uma das partes que eu considerei mais importante e que tem em ambos os guias, é a parte fonética que explica direitinho qual o som da pronúncia de determinadas letras ou sílabas. Isso faz toda a diferença em qualquer idioma.

Também é dada uma breve explicação da gramática do idioma em questão.

E logo após, os guias são divididos por assuntos e cada um tem uma cor diferente para facilitar na hora de usar:

Básico: itens como números, datas e horários.
Prático: dicas de situações relacionadas a transporte, hospedagem, localização, compras e até viagem com crianças.
Social: para se comunicar com os locais em várias oportunidades.
Viagem Segura: com dicas para emergências.
Alimentação: seja no restaurante ou fazendo compras no mercado para cozinhar.

No final dos guias, um pequeno dicionário português-alemão, alemão-portuguê e português-francês, francês-português.


Guias de conversação Lonely Planet alemão Guias de conversação Lonely Planet francês



Na prática o guia Alemão ajudou bastante na parte dos restaurantes. Não que eu tenha ficado fluente, mas acabamos indo 3 vezes em um mesmo restaurante em Berlim, onde arrisquei algumas palavras em alemão com o garçom.

O guia Francês também foi bastante útil! Um caso interessante foi que a Bruna teve uma dor de garganta e o guia ajudou a conversar direitinho com o farmacêutico e comprar os medicamentos corretos, tudo em francês.





Eu considero muito válido aprender pelo menos palavras básicas no idioma falado no local para onde você vai. Coisas como “bom dia”, “obrigado”, “por favor” normalmente já faz com que as pessoas locais te tratem melhor por verem que você está se esforçando para falar o idioma deles.

Os guias de conversação Lonely Planet podem te ajudar com isso e muito mais, inclusive em situações de emergência.

Portanto, mais que recomendo ambos os guias!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...